Menssagem de erro

Notice: Undefined index: language em i18n_node_node_view() (linha 263 de /srv/www/sites7/alumni.ebape.fgv.br/modules/i18n/i18n_node/i18n_node.module).

Você Ebapeano

 

Por meio desse canal você pode nos ajudar permanentemente a conectar a realidade acadêmica à empresarial

  • Você é ex-aluno e gostaria de compartilhar sua trajetória profissional, ou um projeto profissional atual? Queremos conhecer sua história ou o seu projeto.
  • Você gostaria de contribuir com a escola doando seu tempo para alunos realizando uma mentoria ou de alguma outra forma?

Este espaço objetiva ser o canal em que a Rede Alumni Ebape participa ativamente da construção e desenvolvimento do Alumni. Basta enviar um e-mail com sua sugestão ou comentando sobre sua expertise e/ou proposta: alumni.ebape@fgv.br

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Diretora da L’Oréal, Alumna EBAPE, ganha prêmio ANPAD de melhor artigo acadêmico

Rosmari Capra Sales diretora de tributos e ética da L’Oréal Brasil, egressa do Mestrado Profissional Executivo em Gestão Empresarial (MEX) conquista prêmio de “Melhor Artigo Derivado de Dissertação de Mestrado” no EMA 2018 pela ANPAD - Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração.

 

O artigo intitulado – Escolarização e Consumo Distintivo – Um Estudo Sobre a Escolha dos Pais por uma Escola Internacional no Rio de Janeiro traz contribuições importantes para o avanço do conhecimento em Marketing e é oriundo da dissertação da egressa com a orientação da professora FGV EBAPE Marisol Goia.

 

O tema aborda um segmento de mercado, pouco explorado nos estudos de Marketing: o mercado das escolas “premium” de ensino fundamental e médio. A pesquisa permitiu explorar o discurso sobre o valor proposto por uma instituição escolar internacional, em comparação com o valor percebido pelos consumidores (no caso, os pais de alunos, responsáveis pela decisão de adesão à escola).

 

O estudo adota o pressuposto de que os fenômenos de consumo não podem ser compreendidos sem a devida consideração de dimensões históricas, culturais e sociais.

 

A pesquisa indica que as demandas e expectativas das elites são complexas e permeadas de ambivalências, trazendo para o gestor a necessidade de uma leitura mais atenta sobre questões ligadas a pertencimento, seletividade e distinção dentro desses segmentos.

 

O artigo teve origem na dissertação de mestrado da egressa e na área de estudo do Marketing na disciplina Antropologia do Consumo e contou com a orientação da professora da FGV EBAPE Marisol Goia, Rosmari ressalta o aprendizado obtido na EBAPE, o qual promoveu o entendimento de que as organizações aplicam diversos conceitos já desenvolvidos no âmbito acadêmico, assim como a mudança de percepção das organizações nesta área, saindo do olhar focado no produto e se aprofundando na visão do consumidor.

 

Rosmari reforça a importância do aprendizado sobre Metodologia de Pesquisa, o qual lhe inseriu no universo do trabalho científico e a capacitou para a produção de pesquisas de ponta. “Há um grande empenho em buscar o equilíbrio entre engajamento acadêmico e profissional. Obtive a consciência de que produzir um trabalho científico exige um esforço enorme, mas que o resultado é altamente recompensador”, finalizou Rosmari.

 

Para ter acesso à dissertação que deu origem ao artigo da egressa, clique no link http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/19498

 


Mestrado Executivo em Gestão Empresarial da EBAPE, nível profissional, é um programa de pós-graduação stricto sensu que busca contribuir para a formação e o desenvolvimento de profissionais no campo da administração de empresas que possam agregar valor à atividade empresarial através da construção e aplicação do conhecimento. Recomendado pela CAPES com conceito 5 (cinco), nota máxima para mestrados profissionais, o curso confere titulação de Mestre aos seus graduados.

Para mais informações acesse http://mestrado-rio.fgv.br/administracao/profissional/gestao-empresarial

 

 

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Doutora pela Ebape, Juliana Mansur, recebe o prêmio Globe Robert J. House Best Research Paper Award

 

O artigo “Shades of Paternalistic Leadership Across Cultures” produzido pela professora da FGV EBAPE, egressa do doutorado, Juliana Mansur, que contou com a orientação do professor Filipe Sobral e a participação do professor Rafael Goldszmidt, recebeu o prêmio de Melhor Artigo (Best Paper) no 2017 Globe Robert J. House Best Research Paper Award, prêmio internacional concedido a pesquisas desenvolvidas com base nos dados do Projeto GLOBE – Global Leadership & Organizational Behavior Effectiveness.

 

A pesquisa mostra que a Liderança Paternalista não é endossada universalmente ou de forma homogênea pelas mais de 59 sociedades analisadas, mas que diferentes padrões de endosso dão origem a tons idiossincráticos de Paternalismo. O artigo aponta ainda que esses diferentes tons de liderança – que variam entre o Paternalismo Benevolente e o Paternalismo Explorador – podem ter sua aceitação e efetividade compreendidas por meio das orientações culturais dominantes em cada uma das sociedades.

 

O estudo foi escolhido por um comitê formado por renomados pesquisadores da área, como Neal M. Ashkanasy (Presidente do Comitê), professor de Management da Universidade de Queensland (Austrália); Paul Hanges, professor de Psicologia Organizacional da Universidade de Maryland, (EUA); e Peter W. Dorfman, ex-Presidente do Projeto Globe e professor emérito da Universidade Estadual de Novo México (EUA).

 

O artigo publicado em 2017 no Journal of World Business pode ser lido na íntegra pelo link https://goo.gl/DYfBsb

 


 

O Doutorado em Administração da Ebape tem como principal objetivo preparar o aluno para a vida acadêmica de professor pesquisador em uma universidade ou instituição acadêmica no Brasil ou no exterior. Para realizar o curso, os alunos devem ser capazes de ler, escrever, compreender e falar inglês. O conceptual paper do Doutorado, o projeto e a tese devem ser elaborados no referido idioma, salvo acordo entre orientador e aluno.

O Mestrado Acadêmico da EBAPE oferece formação metodológica e conceitual equivalentes às oferecidas por seus pares internacionais, bem como conhecimento e acesso diferenciados aos diversos contextos da realidade brasileira. O programa enfatiza a geração e disseminação de pesquisas através de publicações em periódicos de primeiro nível, na área de administração e áreas afins. O Mestrado Acadêmico é ministrado todo em Inglês. Portanto, os alunos devem ser capazes de ler, escrever, compreender e falar o idioma.

As inscrições para os cursos de mestrado acadêmico e doutorado da EBAPE podem ser feitas até o dia 02 de julho/2018.

 

Para mais informações e inscrições, acesse aqui.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Consultor de políticas educacionais do Banco Mundial, egresso do Mestrado Acadêmico da EBAPE, conquista vaga em programa de doutorado no exterior

 

Quebrar paradigmas, traçar objetivos claros para conquistar o sucesso pessoal e profissional, assim como promover o desenvolvimento de jovens e líderes, foram alguns dos pontos que o alumnus do Mestrado Acadêmico em Administração Giovani Rocha destacou em entrevista concedida para a newsletter da Rede Alumni Ebape.

 

Alumni Ebape - Por que escolheu a FGV EBAPE para o seu mestrado e quais as principais contribuições da Escola para a sua formação?

 

Giovani - A escolha foi estratégica, pois o programa acadêmico da EBAPE oferece uma série de ferramentas essenciais para que eu atingisse o meu objetivo principal, que era entrar em um programa de doutorado no exterior. A Escola me concedeu base teórica extremamente sólida e combinada à base metodológica, ambas no campo de política, área na qual quero atuar academicamente, além disso, a Ebape me possibilitou ter contato direto com professores de excelência, reconhecidos nacional e internacionalmente e que estão na fronteira do que está sendo desenvolvido no campo da política.

​​

Aproveito para destacar a necessidade de trazer a representatividade racial para dentro da FGV. Isso se dá não só sob uma perspectiva numérica (pautada na minha presença enquanto aluno negro), mas também de fomentar, sob uma perspectiva acadêmica, uma discussão que ao meu ver precisa existir dentro de uma instituição do porte da FGV: a discussão sobre racismo no Brasil. Por isso que reforcei esse diálogo junto ao coletivo de alunos negros da FGV e pautei toda a minha dissertação na questão de representatividade racial na política brasileira e o comportamento do eleitor negro. Em outras palavras, entrar na EBAPE significou uma oportunidade de refinar a minha compreensão sobre essa problemática, entender como fomentar essa discussão em um ambiente acadêmico de alto nível e, finalmente, potencializar a minha entrada em um dos melhores programas de PhD no exterior para continuar alimentando essa discussão.

 

Alumni Ebape  – Que fatos poderia destacar sobre sua trajetória profissional?

 

Giovani - Destaco a minha trajetória dual de impacto social atrelado ao meu desenvolvimento acadêmico. Na graduação, me formei em Economia no Ibmec-RJ como bolsista e fiz intercâmbio nos EUA​, na University of Arkansas. No mestrado, fiz a EBAPE e o intercâmbio em Portugal, na Universidade Nova de Lisboa. Contudo, em paralelo, coordenei o LdA - Líderes do Amanhã, um projeto social de desenvolvimento de lideranças e potencialização de jovens estudantes de escola pública, em sua maioria negros e os primeiros de suas famílias a finalizarem o ensino médio. Por intermédio da ONG Vetor Brasil, trabalhei como consultor do BID na Secretaria de Estado de Educação do Pará. Hoje atuo no Banco Mundial junto ao MEC no escopo da Reforma do Ensino Médio. Em suma, essas experiências exemplificam o meu objetivo de realmente me tornar um ponto de conexão entre a Academia e o "mundo real", gerando conhecimento que possa diretamente influenciar positivamente o país.

 

Alumni Ebape   - Fale um pouco sobre sua atuação em projetos de desenvolvimento de jovens talentos?

 

Giovani - A partir da ONG Vetor que atua na potencialização e desenvolvimento de jovens talentos, alocando-os em posições estratégicas em cargos do setor público, comecei a trabalhar com educação pública na Secretaria de Estado de​ Educação do Pará. Além disso, como um dos valores principais do Vetor é a diversidade, eu os apoiei desde o desenho de ações afirmativas que promoviam uma maior representatividade de negros entre os participantes até a fundação do coletivo Vetor dxs Pretxs. Por intermédio desse coletivo, desenvolvemos treinamentos sobre a questão racial no Brasil e sua interseção com o desenho e a implementação de políticas públicas. Foi essa mesma apresentação e esse mesmo engajamento que me levaram a palestrar em lugares como o Ministério de Desenvolvimento Social e ser palestrante no evento TEDx por duas vezes (uma no TEDxBlumenau em 2015 e outra no TEDxSantarém este ano). Com o início do PhD, quero continuar contribuindo para fomentar a discussão sobre raça tanto em espaços acadêmicos como dentro da gestão pública, apoiando a conversão desse debate em políticas públicas focalizadas e de alto potencial de impacto.

 

Alumni Ebape   – Quais os principais desafios assumidos como Consultor de Políticas Educacionais do Banco Mundial?

 

​Giovani - O trabalho como consultor no Banco Mundial tem sido um grande desafio de articulação com atores do Banco, do Ministério da Educação e do governo federal como um todo. Um Acordo de Empréstimo na casa dos 250 milhões de dólares vai ser realizado pelo Banco Mundial junto ao MEC para fomentar ações estratégicas de apoio aos estados para a implementação do Novo Ensino Médio. Eu trabalho diretamente no desenho do acordo, na articulação estratégica e no desenvolvimento das assistências técnicas que vão apoiar os estados no desafio que representa essa nova etapa. Trabalhar em um projeto da dimensão da Reforma do Ensino Médio no Banco Mundial e no MEC é uma grande oportunidade de poder pensar uma política macro em educação que vai influenciar o país nas próximas gerações. Isso está diretamente ligado ao meu propósito de vida e, ao que espero, poder realizar com as contribuições acadêmicas que trarei para o país no futuro. Em especial, é também um desafio grande o de ocupar um espaço enquanto negro e trazer uma perspectiva que reflete o Brasil sob a ótica dos passos para a real inclusão e geração de oportunidades para jovens, independente da cor da sua pele, condição social ou origem. Hoje sou o único negro em quase todos os espaços que caminho em Brasilia, mas a atuação que tenho no MEC e no BM me faz pensar que é uma questão de tempo até que a minha história deixe de ser uma exceção e se torne uma realidade possível para muitos brasileiros que se parecem comigo.

 

 

Alumni Ebape   - Conquistar uma vaga para o programa de doutorado em Ciência Política em uma instituição internacional era um dos seus objetivos?

 

Giovani - Sim. O caminho que tracei sempre tangenciou o doutorado porque eu sempre gostei muito de ensinar e sabia que aprender e produzir conhecimento (o que traduzo como "criar e buscar responder perguntas" a todo momento) faziam parte da minha essência. Contudo, entendi que a minha posição enquanto acadêmico que discute racismo e relações de poder no Brasil poderia elevar ainda mais o debate, sobretudo para espaços onde, infelizmente, hoje ele inexiste. Ganhei uma bolsa do Departamento de Estado Americano que custeou todos os meus gastos com aplicação (GRE, TOEFL, fees e etc) e entendi que aquele era o momento de dar o meu melhor para concretizar o objetivo do doutorado nos EUA. Passei para a University of Chicago e a University of Pennsylvania, ambas entre os 15 melhores departamentos de ciência política do mundo. Escolhi a UPenn como o lugar onde vou passar os próximos cinco anos da minha vida. Vai ser um desafio, mas um passo necessário. A minha visão é de que hoje o grande problema do Brasil é a baixa diversidade em suas elites intelectuais e econômicas. Em outras palavras, as pessoas que detêm poder de decisão e de influência de ideias são, em sua maioria, indivíduos que pouco refletem, viveram e pouco entendem os obstáculos que a maior parte da população, sobretudo a população negra, enfrenta. Esse é um gargalo para uma democracia representativa de verdade e, enquanto os que detiverem poder não entenderem os reais desafios da ponta com completude, dificilmente vamos acabar com as desigualdades que tanto definem o país. É por isso que fazer o doutorado e ser um acadêmico é tão importante para mim. Significa ocupar um espaço entre esse grupo, problematizar e provocar discussões estruturadas sobre os reais entraves do país ​ advindos de um histórico racista. Tudo isso entre pares que detêm as ferramentas e os recursos para de fato modificar a realidade. Além disso, ocupar esse espaço também significa poder inspirar outros jovens, que vieram de lugares como o que eu vim e que se parecem comigo, a me olharem e acreditarem no seu próprio potencial de também ocupar essas posições.

 

Alumni Ebape  -  Gostaria de acrescentar algum comentário?

 

​Giovani - Só queria adicionar que a jornada na EBAPE foi engrandecedora, principalmente, em função dos professores que lá encontrei e que tanto me inspiraram para seguir o caminho que começo a trilhar agora. Minha incrível orientadora, Daniela Campello, em especial e outros professores como o Cesar Zucco, Sonia Fleury, Rafael Goldszmidt e Octavio Amorim. Cada um deles foi essencial, da sua própria forma, para a minha construção enquanto pensador crítico da minha realidade. Se hoje a EBAPE é uma instituição que consegue colocar alunos com grande potencial acadêmico nas melhores universidades do mundo, isso sem dúvida só é possível pela existência de um corpo de professores que estão dispostos a contribuir com a formação multidimensional de pesquisadores brasileiros de ponta e que conseguem produzir conhecimento na fronteira de suas respectivas áreas. Só tenho a agradecer mesmo.

 

A Rede Alumni da FGV EBAPE agradece ao Giovani por compartilhar sua experiência e deseja muito sucesso em seus novos desafios!

 

O Mestrado Acadêmico da EBAPE, avaliado com nota máxima (nota 7) pela CAPES, oferece formação metodológica e conceitual equivalentes às oferecidas por seus pares internacionais, bem como conhecimento e acesso diferenciados aos diversos contextos da realidade brasileira. O programa enfatiza a geração e disseminação de pesquisas através de publicações em periódicos de primeiro nível, na área de administração e áreas afins. O Mestrado Acadêmico é ministrado todo em Inglês. Portanto, os alunos devem ser capazes de ler, escrever, compreender e falar o idioma.

 

As inscrições para os cursos de mestrado acadêmico e doutorado da EBAPE podem ser feitas até o dia 02 de julho/2018. Para obter mais informações sobre o curso, participe do Open Day de apresentação do programa que será realizado no dia 03 de maio, às 18h, na sede da FGV EBAPE, no Rio de Janeiro.

 

Para mais informações e inscrições, acesse aqui.

 

 

Você, Alumni Ebape, pode compartilhar sua experiência profissional com toda a rede Alumni, para tanto, basta enviar informações para alumni.ebape@fgv.br.

 

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Diretora do Coppead, alumna Ebape, alinha visão empreendedora com pesquisa acadêmica para liderar

 

A excelência acadêmica da EBAPE e de seu corpo docente reflete-se no sucesso de seus egressos que, em sua atuação profissional, desempenham importante papel na condução de empresas e projetos em diversos setores da administração no país, o que pode ser corroborado pela história de carreira da nova diretora do Coppead, Elaine Tavares, egressa do doutorado e do mestrado profissional, durante entrevista para a Rede Alumni EBAPE, onde fala de sua trajetória profissional.

 

Alumni Ebape - Qual seu maior desafio ao assumir a Direção do Coppead?

Elaine – O Coppead sempre se posicionou como uma Escola pioneira e de alto grau de inovação, sendo responsável em estabelecer grandes marcos na Administração do país. Dentre eles podemos citar: o lançamento do primeiro MBA Executivo Brasileiro (na década de 80), a criação da Central Brasileira de Casos, assim com o programa de Cátedras. Em 2002, o Financial Times destacou os cursos do Coppead nos rankings dos melhores programas do mundo. Em 2015, a Escola lançou mestrado acadêmico integralmente ministrado em inglês.

Meu maior desafio será conquistar novos marcos para a instituição, para tanto venho estruturando e alinhando diretrizes para compreender as demandas da sociedade, o cenário atual do mercado e as principais tendências.  Um exemplo concreto é entender os desafios que a digitalização (a aplicação sistêmica de business analytics, inteligência artificial, big data, dentre outras tecnologias) impõe para a formação gerencial. Sem este entendimento, a digitalização entra no currículo escolar somente como um modismo. O avanço consistente demanda conhecimento de tendências e planejamento das ações.

 

Alumni Ebape - Qual a relevância de ter estudado na Ebape para sua formação?

Elaine – A EBAPE apresenta diversidade de conhecimento de alta relevância e corpo docente de ponta que garantem excelência em todos os seus programas acadêmicos. As diferentes perspectivas apresentadas pelos professores da Escola, proporcionaram-me uma visão mais rica da realidade e uma formação acadêmica completa. Em sala de aula, tive como foco a gestão empresarial, mas durante o período de estudo no doutorado, obtive amplo conhecimento e vivência com temas de administração pública e que foram enriquecedores para minha carreira.

 

Alumni Ebape - Você teve a oportunidade de estudar em uma das melhores escolas de negócios do país e agora está na direção do Coppead, que também está entre as primeiras. Em seu planejamento de carreira, essas eram suas metas?

Elaine – Escolhi a EBAPE por reconhecer a excelência da Escola e já tinha em mente que precisaria me dedicar para conquistar uma carreira sólida. O aprendizado na Escola foi importante e concedeu-me bagagem para realizar dois pós-doutorado no exterior. A minha meta sempre foi a de atuar em uma escola de excelência e inovadora, e quando assumi o Coppead encontrei um ambiente acadêmico rico, desafiador e propício para conduzir projetos nas áreas com as quais me identifico e que conquistei expertise: pesquisa acadêmica e gestão estratégica.

 

Alumni Ebape - Falando de sua trajetória profissional o que você gostaria de mencionar como fatores decisivos para sua fase atual?

Elaine – A formação acadêmica sólida concedeu-me base para conduzir a gestão de uma Escola, assim como as experiências que obtive em empresas privadas e altamente competitivas garantiram-me flexibilidade, visão estratégica e alto poder de decisão. Ao continuar meus investimentos em estudo, como nos pós-doutorados, pude ampliar o universo de possibilidades profissionais. Acrescento ainda o aprendizado obtido ao coordenar o Programa de Pós-Graduação do Coppead, o qual me permitiu desenvolver ações e entender as principais demandas da universidade, da Capes e da EFMD, certificadora internacional.

 

Alumni Ebape - Do ponto de vista pessoal, como é conciliar uma vida de desafios profissionais e a família?

Elaine – Conciliar a vida profissional e familiar é sempre um desafio. Sou casada e tenho uma filha de 8 anos e tenho em mente que é necessário equacionar a qualidade do tempo empreendido em atividades profissionais e pessoais com o tempo em que dedicamos para nossas famílias. Particularmente, abro mão do meu tempo pessoal para dedicá-lo a minha família!

 


O Doutorado em Administração da EBAPE tem como principal objetivo preparar o aluno para a vida acadêmica de professor pesquisador em uma universidade ou instituição acadêmica no Brasil ou no exterior. Para realizar o curso, os alunos devem ser capazes de ler, escrever, compreender e falar inglês. O conceptual paper do Doutorado, o projeto e a tese devem ser elaborados no referido idioma, salvo acordo entre orientador e aluno. O Programa oferece bolsas de estudo para todos os alunos aprovados no processo seletivo. Para mais informações acesse http://ebape.fgv.br/programas/msc-phd/programa/apresentacao

 

O Mestrado Executivo em Gestão Empresarial da EBAPE, nível profissional, é um programa de pós-graduação stricto sensu que busca contribuir para a formação e o desenvolvimento de profissionais no campo da administração de empresas que possam agregar valor à atividade empresarial através da construção e aplicação do conhecimento. Recomendado pela CAPES com conceito 5 (cinco), nota máxima para mestrados profissionais, o curso confere titulação de Mestre aos seus graduados. Para mais informações acesse http://mestrado-rio.fgv.br/administracao/profissional/gestao-empresarial

 

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

 

Egresso EBAPE ressalta que empreender vai além de abrir uma empresa

 

Ser um empreendedor no Brasil é um grande desafio, em virtude dos altos impostos e o pouco apoio que a esfera pública oferece aos empresários, mas empreender não está limitado a abrir um negócio. E para falar um pouco sobre empreender e de que forma aproveitar, com excelência, as oportunidades profissionais, a Rede Alumni Ebape convidou o egresso Ebape Raphael Tomé, Gestor Comercial da Stone Pagamentos, ex-diretor da Narciso Enxovais Online (maior player do setor de cama e mesa do Nordeste) e ex-gestor no Site Blindado/B2W, para destacar sua vivência no universo do empreendedorismo.

 

Na visão do egresso, para conquistar sucesso na vida profissional é preciso querer empreender na vida, no conhecimento, na construção de uma história e traçar objetivos claros para conquistar um amanhã promissor.

 

Raphael, ao falar sobre sua trajetória, conta que suas escolhas profissionais e seu empenho em buscar ser sempre o melhor, o estimulou a assumir novos desafios, e que sempre foi o condutor de seus passos em todas as posições que ocupou ao longo de sua carreira.

 

Para o egresso “não há glamour em empreender” e os caminhos que traçou, desde à época de sala de aula, o conduziram para oportunidades que potencializaram suas competências e visão de negócio.  Raphael ressaltou que foi no Site Blindado/B2W que sua veia empreendedora ganhou força e peso: “Conquistei uma posição como coordenador no Site Blindado e pouco depois assumi como gerente geral. Quando assumi o Site já era uma primeira experiência como empreendedor, pois atuava como Head da operação. Gerenciava todas as áreas que uma empresa possui: Financeiro – Marketing – Vendas – TI, dentre outras, desta forma, tinha em mãos uma empresa para experimentar, recebendo um salário e com carteira assinada. Na época, então, me vi como um privilegiado, pois a B2W me proporcionou a oportunidade de ser o dono de uma empresa, dentro de outra empresa”.

 

De acordo com o egresso, a experiência foi muito rica e já havia um sucessor, então decidiu buscar novos desafios. Raphael relembra que abriu mão de trabalhar em grandes companhias, bem estruturadas, em cargos bem interessantes e com equipes de peso, e aceitou o convite de um outro egresso da Ebape, Tiago Palmeira, para iniciar uma empresa de Comércio Eletrônico da Narciso Enxovais Online, marca líder em Market Share no setor de Cama e Mesa (na classe C, D e E) no Nordeste. Seguiu para o novo desafio, a partir do contrato de uso da marca, começando uma nova empresa, a Narciso Enxovais Online, o que o fez mudar para João Pessoa, na Paraíba.

 

Raphael precisou conhecer os aspectos culturais, os hábitos de consumo da região, o comportamento do consumidor afim de estruturar corretamente as etapas de construção do negócio. Fez imersão na fábrica, nas lojas, com os funcionários, conversou com costureiras, acompanhou o dia a dia do dono da marca na região.

 

No início de dezembro, finalizou o projeto de e-commerce da Narciso Enxovais Online, com a empresa já em atividade, com equipe, sucessor, ferramentas contratadas, contratos assinados, estrutura física, pessoal e de logística montadas, e então sentiu-se pronto para buscar novos desafios profissionais.

 

Novos projetos

 

Desde dezembro de 2017, Raphael segue uma nova jornada em sua carreira. Está atuando como Gestor Comercial na Stone Pagamentos e mantém sua programação de estudo, o que gerou um diferencial em sua carreira pelo amadurecimento, aprendizado e networking. Recentemente, o egresso realizou pós-graduação em Business e People Management, o que consolidou seu conhecimento sobre gestão de pessoas: “após anos atuando em posições comerciais, gerenciando resultado de vendas e processos, vi a necessidade de estabelecer estratégias comerciais e operacionais com foco em pessoas” afirmou Raphael.

 

Ao final da entrevista, o egresso Raphael Tomé ressaltou a importância da Ebape em sua carreira: “A Ebape capacitou-me a pensar de uma forma mais analítica, o que me conferiu uma excelente base para discutir e negociar, em qualquer área. Costumava fazer tudo por instinto e com o tempo fui aprendendo, a partir de orientações dentro da Escola, a analisar antes de tomar decisões”.

 

A Rede Alumni da FGV Ebape agradece ao Raphael por compartilhar sua experiência e deseja muito sucesso em seus novos desafios!


O curso de Graduação da Ebape, complementado por diversos projetos de consultoria assistidos pelos professores, é voltado para a prática profissional, o que confere uma excelente formação aos alunos que poderão atuar, com excelência, em empresas públicas e privadas. O aluno conta com a coordenação de estágios, que tem parcerias com diversas organizações, facilitando ainda mais a sua entrada no mercado de trabalho.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Egresso do Mestrado Acadêmico EBAPE, premiado pelo Ministério Público, avalia caminhos para melhorar os gastos públicos no país

 

Pesquisador e Líder de Projetos no Centro de Tecnologia e Sociedade (CTS), egresso EBAPE, Rafael Braem Velasco conquista premiação pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) pela brilhante pesquisa – Data Analytics e Compras Públicas – Promovendo o Controle Social da Administração Pública por Meio da Análise de Dados e compartilha com a Rede Alumni, os caminhos que percorreu para desenvolver o estudo, assim como fala sobre sua construção profissional e a importância do mestrado para sua carreira.

 

Na imagem, em destaque, a Procuradora Geral da República, Raquel Dodge

entrega a premiação ao egresso Ebape Rafael Velasco.

 

 

 

Alumni Ebape: O que motivou a escolha do tema de pesquisa?

 

Rafael: Creio que o fator que mais me motivou a desenvolver um projeto na área de corrupção em compras públicas tenha sido o progressivo reconhecimento de que as técnicas de análise de dados utilizadas pelos órgãos de controle brasileiros para identificar ineficiência ou corrupção em governos municipais e estaduais, estavam (e ainda estão) em estágio razoavelmente incipiente. Desde o início do meu interesse nesta temática, em meados de 2016, eu já supunha que o Ministério Público poderia ter ganhos de eficiência consideráveis, a partir da automatização de diversas rotinas de auditoria e análise de dados de compras públicas. Adicionalmente, tive a sorte de entrar em contato com uma literatura bastante recente que detalha alguns indicadores compostos que podem ser utilizados para medir, de forma objetiva, a corrupção em diferentes unidades subnacionais de um país. Todavia, esta literatura representou apenas a inspiração inicial e foi necessário compreender com detalhes a realidade brasileira.

 

Alumni Ebape: Qual a relevância da temática?

 

Rafael: Penso que esta é uma área relevante para o desenvolvimento do país, plenamente alinhada com demandas de melhora na qualidade do gasto público e promoção de integridade no governo. Atualmente, após o estudo de diferentes técnicas de modelagem de dados de compras públicas e compreensão dos gargalos analíticos dos promotores que estão na linha de frente do combate à corrupção no país, pude constatar que o MP de fato tem muito a se beneficiar do desenvolvimento de metodologias que ampliem a capacidade de monitoramento do gasto governamental. Adicionalmente, temos uma grande oportunidade de produção de pesquisa acadêmica inovadora e de alta qualidade. A ineficiência de governos municipais em compras públicas é um conceito complexo que possui muitas causas que ainda não foram plenamente compreendidas pelos estudos na área de administração pública.

 

Alumni Ebape: Por que escolheu a Ebape para realizar o mestrado?

 

Rafael: Escolhi o mestrado na EBAPE pela excelência do quadro de professores, pelo rigor acadêmico que é característico da FGV e pelo fato de ser um programa que fornece aos seus alunos o contato com vários métodos quantitativos e qualitativos fundamentais para qualquer acadêmico que deseja um dia produzir pesquisa de alta qualidade com abrangência internacional.

 

Alumni Ebape: Destaque a importância da Ebape em sua carreira?

 

Rafael: Considero que o mestrado na EBAPE tenha sido a melhor escolha possível para a minha carreira. Ainda sou obviamente um acadêmico em formação, mas a bagagem analítica que a EBAPE me forneceu foi vital para a ampliação de horizontes. Não posso deixar de registrar a minha profunda gratidão ao professor Gregory Michener pelo grande aprendizado que adquiri trabalhando com ele, ao longo de 3 anos, como pesquisador do Programa de Transparência Pública. Adicionalmente, as aulas com os professores Cesar Zucco, Alketa Pecci e Kaizô Beltrão foram de relevante peso para a minha formação acadêmica.

 

Alumni Ebape: Quais seus projetos futuros?

 

Rafael: Pretendo continuar trabalhando como pesquisador na FGV Direito Rio, desenvolvendo projetos interdisciplinares baseados no uso de grande volume de dados para o endereçamento de problemas de políticas públicas no Brasil e na América Latina.

O doutorado é um objetivo de médio prazo para o qual o trabalho que está sendo desenvolvido atualmente muito contribui.

 

A Rede Alumni da FGV Ebape agradece ao Rafael por compartilhar sua experiência e deseja muito sucesso em seus novos desafios!


O Mestrado Acadêmico da Ebape, avaliado com nota 6 pela CAPES, oferece formação metodológica e conceitual equivalentes às oferecidas por seus pares internacionais, bem como conhecimento e acesso diferenciados aos diversos contextos da realidade brasileira. O programa enfatiza a geração e disseminação de pesquisas através de publicações em periódicos de primeiro nível, na área de administração e áreas afins. O Mestrado Acadêmico é ministrado todo em Inglês. Portanto, os alunos devem ser capazes de ler, escrever, compreender e falar o idioma.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Alumna EBAPE realiza estudo, em comunidades cariocas, que pode auxiliar a criação de políticas públicas para microempreendedores

 

A tradição da FGV EBAPE como centro de excelência em pesquisas, corpo docente de ponta, além de reconhecimento internacional, no ensino acadêmico, foram determinantes para que a doutora pela EBAPE, Anna-Katharina Lenz, continuasse seus estudos e pesquisas na Escola, por intermédio do programa de pós-doutorado, e iniciasse produções internacionais e de grande importância acadêmica.

 

Com experiência em pesquisa adquirida em sua formação no mestrado e doutorado, relacionada, principalmente, às ciências sociais aplicadas e administração, Anna estruturou um projeto de pós-doutorado e, a partir deste, iniciou o estudo, no qual busca compreender os desafios vividos pelos microempreendedores, apoiar a criação de políticas de inclusão, mitigando, dessa forma, obstáculos ao crescimento dos negócios locais.

 

“Com a EBAPE obtive formação sólida em métodos de pesquisa, oportunidade de trabalhar com professores de nível internacional, assim como obtive acesso a parcerias com importantes organizações relevantes para o estudo sobre empreendedorismo”, afirmou Anna.

 

O estudo, coordenado pela Anna-Khatarina e pelos professores Cesar Zucco, Rafael Goldszmidt, ambos da EBAPE, e Martin Valdivia da Grade no Peru, faz parte de um dos seis projetos financiados na II rodada da Metaketa, iniciativa do Evidence in Governance and Politics(EGAP) e conta com recursos, para sua viabilização, do Departamento Internacional do Reino Unido (UK-AID).

 

Para a realização dos estudos, estão sendo entrevistados mais de 5 mil empreendedores da Zona Oeste, especificamente, das comunidades de Rio das Pedras, Gardênia Azul, Anil, Curicica, Tijuquinha, Muzema e Terreirão. A partir de uma cooperação com o SEBRAE/RJ, os pequenos empresários receberão consultoria relacionada ao programa MicroEmpreendedor Individual (MEI) - muitos desconhecem o sistema, facilitando o acesso às informações relacionadas à inclusão no INSS, emissão de NFs, ampliação dos negócios e demais possibilidades do sistema.

Em uma segunda etapa, serão oferecidas consultorias, nas quais os microoempreendedores passarão por cursos no SEBRAE o que ampliará a visão de negócio e ajudará na tomada de decisões.

 

“Esperamos desenvolver melhores estratégias para tratar das demandas de empreendedores formais e informais no Brasil e oferecer evidências sobre a iniciativas de políticas eficientes”, afirmou Anna-Katharina.

 

___________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Alumni Ebape pode ser o elo entre sua empresa e sua Escola. Participe!

 

A Coordenação da Graduação da Ebape busca desenvolver iniciativas que aliem o conhecimento teórico dos nossos alunos à vivência prática nas organizações. Uma dessas inciativas é o Field Project (FP), realizado em parceria com organizações privadas, públicas e do terceiro setor. A Ebape oferece às organizações a oportunidade de ter um grupo de estudantes, sob a orientação de um professor especialista, desenvolvendo um projeto proposto pela própria empresa. Para os alunos é a oportunidade de desenvolver, na prática, um projeto que proporciona resultados aplicados a uma empresa.

Você, ex-aluno Ebape, pode levar esta parceria para sua empresa, sendo o elo que leva a solução para um problema de gestão em sua organização, oferecendo a oportunidade de aplicar conhecimento aos nossos estudantes e futuros gestores. É uma parceria virtuosa em que todos são beneficiados. 

Alguns ex-alunos já realizaram essa parceria conosco como, por exemplo, o egresso do MEX Guilherme Takamine (*), durante o período em que atuou como Key Account Executive na L’Oréal, conduziu o Field Project e pôde perceber dois ganhos diretos que a empresa conquista ao implantar o projeto -  o primeiro se refere à proximidade com jovens talentos e visualizar neles, futuros membros da empresa na prática; o segundo é a troca entre os alunos e tutores in loco. “Com o projeto, criamos a premissa de que é necessário formar líderes que tenham a vontade de formar profissionais melhores, desse modo, o FP nos proporciona a criação de uma postura de coach frente aos jovens. De outro lado, ainda ganhamos no contato com a academia, o que nos oxigena com nova visão do negócio”, destacou Takamine.

“Replicamos o Field Project por três vezes e fomos melhorando o processo e aprendendo. Todo projeto é focado em ter uma pergunta ou objetivo concluído ao fim dos 3 meses. Obviamente, sempre planejamos ter mais sucesso, mas a construção e a troca são os fatores primordiais que caracterizam sucesso no FP e foi esse o principal fator que moveu o projeto nos últimos 4 anos. O meu papel mudou bastante ao longo dos projetos. Comecei como tutor, logo depois acabei me tornando um PMO no processo dos grupos. Enxergo o FP como a grande oportunidade que tive de ensinar o que aprendi”, completou Takamine.

 

Para Gustavo Marchisotti (*), gestor na DataPrev, é muito importante participar de ações como o Field Project, pois uma empresa como a DataPrev que trabalha com inovação, por meio do FP, estabelece um canal de troca de experiências junto a alunos que possuem uma visão diferenciada em relação aos problemas/questões vivenciadas internamente, e contribuem, positivamente, ao interagir com novas visões para as soluções da empresa.

“Fui responsável em levar o Field Project para dentro da DataPrev e, durante alguns meses, participei de várias reuniões para convencer a alta gestão da empresa de que a parceria seria interessante para ambas as partes”. Desde então, sinto-me orgulhoso em ver o quão importante tem sido a parceria DataPrev x EBAPE/FGV. Atualmente, estou como mentor e embaixador do projeto na empresa e, posteriormente, o projeto será expandido para outras áreas da DataPrev”, concluiu Marchisotti.

 

* Guilherme Takamine é, atualmente, Gestor de Canal Indireto na Shell Brasil e Gustavo Marchisoti é Gestor de TIC na DataPrev, ambos são egressos do Mestrado Profissional Executivo em Gestão Empresarial (MEX).

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O Field Project contribui para o desenvolvimento profissional e intelectual dos alunos por meio de vivência direta com desafios organizacionais reais, para além da realidade teórica.  Os contratos firmados, com as organizações parceiras, não possuem vínculo empregatício e possuem como foco central o desenvolvimento de talentos.

 

Os egressos Ebape interessados em conhecer a iniciativa e avaliar a possibilidade de uma parceria, devem encaminhar e-mail para alumni.ebape@fgv.br informando nome completo, instituição onde atua, cargo e telefone para contato.  

 

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Artigo sobre transparência da governança florestal, produzido por gestor do BNDES, alumnus Ebape, é destaque em publicação A1

O artigo "Forest Governance without Transparency? Evaluating state efforts to reduce deforestation in the Brazilian Amazon", produzido pelo egresso do Mestrado Profissional em Administração Pública (MAP)* Eduardo Bizzo, com orientação do professor da Ebape Gregory Michener foi publicado em uma das principais revistas sobre política ambiental, o Journal Environmental Policy and Governance.

 

O artigo faz importante análise sobre a transparência das informações do governo brasileiro sobre o combate ao desmatamento da Floresta Amazônica e complementa a literatura existente, apontando novas constatações sobre os entraves para que as ações implementadas possam gerar resultados satisfatórios para a preservação da Floresta, considerada Patrimônio da Humanidade.  

 

O presente estudo abre precedente para que novas linhas de pesquisas sejam realizadas e  evidencia que o compromisso do governo em divulgar suas ações para coibir o desmatamento deixa muitas brechas, o que acaba por limitar os resultados.

 

De acordo com o artigo – que é um dos papers da dissertação de mestrado do egresso, sem informação, torna-se impossível avaliar a governança florestal, uma vez que a transparência nas informações é essencial para conduzir avanços sustentáveis e de longo prazo na conservação e administração das florestas.

Eduardo ressalta que ter realizado o mestrado na Ebape foi de grande importância para incrementar sua competência técnica, em sua área de atuação, assim como o estimulou na produção de conhecimento sobre políticas públicas e gestão.

“O excelente corpo docente da Escola e sua reconhecida tradição e qualidade acadêmica foram determinantes para que eu escolhesse o mestrado da Ebape”, completou.

Eduardo Bizzo, egresso Ebape, atua como gerente da área de Gestão Pública e Socioambiental do BNDES no Fundo Amazônia, iniciativa gerida pelo BNDES com objetivo de apoiar projetos de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento e de promoção da conservação e do uso sustentável da floresta.


*O Mestado em Administração Publica (MAP) é um programa voltado para dirigentes, gestores e profissionais de alto nível, que atuam em órgãos públicos da administração direta e indireta, nas diversas esferas do governo. O curso tem como objetivo formar lideranças no setor público brasileiro, possibilitando aos novos mestres prestar consultoria, exercer funções de direção ou gerência em administração pública, bem como avançar na carreira acadêmica.

Para mais informações sobre o MAP acesse: https://goo.gl/7FUHQr

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Artigo de egressa Ebape, sobre Liderança Paternalista, é destaque no Journal of World Business (publicação A1) 

O estudo  "Shades of paternalistic leadership across cultures" produzido pela egressa do doutorado e professora da Ebape/FGV, Juliana Mansur, é publicado no Journal of World Business (publicação A1) e contou com a orientação e participação dos professores da Ebape Filipe Sobral e Rafael Goldszmidt. O artigo identificou linhas distintas de liderança paternalista em diferentes sociedades e pode auxiliar profissionais a se familiarizarem com programas de expatriados entendo assim premissas culturais que influenciam as práticas paternalistas adotadas por vários países.

De acordo com a professora Juliana Mansur, o artigo faz parte de uma série de três papers sobre Liderança Paternalista que fizeram parte de sua tese de doutorado, defendida em 2016. “O tema foi escolhido por ser, dentro do campo da liderança, um assunto com escassez empírica, ambigüidade conceitual e questões metodológicas em discussão entre acadêmicos”, completou.

Para Juliana, o artigo apresenta esclarecimentos de como a liderança paternalista se manifesta diferentemente é endossada de forma distinta em diferentes culturas, evidenciado que há muito a se explorar. O artigo na íntegra pode ser acessado pelo link https://goo.gl/BJu8F8(link is external)

 

Trajetória profissional da egressa

Após seis anos, voltada para a área de Desenvolvimento e gestão de pessoas, Juliana Mansur, psicóloga por formação, decidiu fazer o Mestrado Executivo em Gestão Empresarial (MEX) da Ebape, no ano de 2007, para ampliar seus conhecimentos e escopo profissional. Ao realizar o curso, Juliana teve certeza de que queria atuar na área de ensino e na produção de pesquisas acadêmicas.

Em sua análise, Juliana relata que a Ebape contribuiu para o desenvolvimento de sua aptidão em realizar pesquisas, produzindo conteúdo relevante e de importância para a sociedade. Aproveitando seu olhar acadêmico e motivada pela excelência do corpo docente da Ebape, além de ter a FGV como expoente em ensino e pesquisas nacionais e internacionais, Juliana decidiu cursar o Doutorado na Escola, o que a habilitou a desenvolver pesquisas com rigor acadêmico e relevância prática. “A Ebape prepara seus alunos para desempenhar, com excelência, qualquer carreira no Brasil ou no exterior e a realizar pesquisas que contribuam com a expansão do conhecimento”, completou.

Juliana Mansur é professora da graduação da Ebape, professora autora do Programa de Certificação de Qualidade da FGV e do Núcleo Estruturante do Curso de Tecnólogo da FGV. Atualmente, está elaborando os dois outros artigos de sua tese e avaliando outros projetos acadêmicos.


O Doutorado em Administração da Ebape tem como principal objetivo preparar o aluno para a vida acadêmica de professor pesquisador em uma universidade ou instituição acadêmica no Brasil ou no exterior. Para realizar o curso, os alunos devem ser capazes de ler, escrever, compreender e falar inglês. O conceptual paper do Doutorado, o projeto e a tese devem ser elaborados no referido idioma, salvo acordo entre orientador e aluno. O Programa oferece bolsas de estudo para todos os alunos aprovados no processo seletivo e a próxima seleção será realizada no período de dezembro de 2017 a março de 2018.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Egressa Ebape é selecionada para seis programas de mestrado na Europa

 

A Ebape, por ser uma Escola internacionalizada, tem parcerias com universidades de diversos países e oferece aos seus alunos de graduação, a oportunidade de escolher onde realizar seu intercâmbio e essa possibilidade foi primordial para que a egressa Caroline Galatoli decidisse construir uma vida profissional promissora no exterior e realizasse, ainda no primeiro período da graduação da Ebape, o intercâmbio na Copenhagen Business School na Dinamarca.

Ao retornar ao Brasil para dar continuidade ao curso de graduação, Caroline já tinha em mente que ao se formar, iria estudar e trabalhar na Europa. A partir de então, a alumna dedicou-se com afinco aos estudos e, após se formar, no mês passado, prestou prova para 31 programas de mestrado em 16 universidades europeias, sendo aprovada em seis universidades (uma na Suécia, uma na Noruega e quatro na Dinamarca).

A egressa optou, então, pelo mestrado em desenvolvimento global da Universidade de Copenhagen (MSc Global Development in University of Copenhagen) e ressaltou que toda essa conquista só foi possível ao estudar na Ebape, pois a Escola concedeu-lhe o apoio necessário para o seu crescimento profissional. “A graduação na Escola me preparou para o mestrado. Desde o início das aulas somos instigados a buscar referências acadêmicas, a colocar os ensinamentos em prática e a procurar informações em inglês” completou.

De acordo com Caroline, a escolha pelo mestrado na Dinamarca foi impulsionada pela identificação que teve com a cultura do país – a partir do intercâmbio na Copenhagen Business School por intermédio da EBAPE -  e pela proximidade da ementa do curso com a pesquisa que já havia desenvolvido na Escola (linhas de pesquisa em liderança e em estudos de gênero) e também pela tradição da instituição que foi fundada em 1479.

A egressa destaca que em seus projetos futuros estão: conquistar oportunidades profissionais na Dinamarca e firmar moradia no país, assim como manter os laços com a Ebape por muitos anos, sobretudo para a realização de produção científica.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Egressa do doutorado Ebape acumula premiações internacionais e é contratada como professora adjunta da Unifesp

Desafios sempre fizeram parte da vida da egressa do doutorado em administração da Ebape, atual professora de administração da Faculdade Federal de São Paulo, Lucia Salmonson Guimarães Barros. Em busca de crescimento profissional, Lucia buscou, durante algum tempo, uma instituição de renome e tradição e que pudesse lhe ensinar a realizar pesquisas de qualidade e que fosse em São Paulo.

Após inúmeras buscas por essa instituição, encontrou na Ebape o curso que precisava. O corpo docente da instituição e a alta qualidade do curso, que já era de seu conhecimento, a fizeram optar por mudar para o Rio de Janeiro, onde realizou o curso de doutorado.

“Encontrei na Ebape o melhor programa de doutorado do Brasil. Não tenho a menor dúvida em relação a isso. O corpo docente é realmente formado por professores com muita experiência em pesquisa, publicando nos principais periódicos de suas áreas. Além disso, estão sempre disponíveis para ajudar e trabalhar junto dos alunos. O ambiente acadêmico incentiva que os alunos trabalhem bastante com pesquisa. Os alunos são excelentes e o clima é muito cooperativo” ressaltou Lucia.

Lúcia, desde 2011, vem conquistando algumas premiações devido ao seu comprometimento com o nível de qualidade dos projetos em que esteve envolvida:

  • Em 2011 – Melhor dissertação de Administração de Empresas da EAESP-FGV
  • Em 2015 – Honourable Mention, 14th International Congress of IAPNM
  • Em 2016 – ACR North America – Travel Stipent, Association for Consumer Research

A determinação em ser uma profissional cada vez mais capacitada, a fez realizar um doutorado sanduíche na University of British Columbia – UBC – no Canadá. Um dos Top 10 do mundo.

Ao final de janeiro deste ano, concluiu o curso de doutorado da Ebape e conseguiu atingir o seu objetivo – foi aprovada para concurso da Universidade Federal de São Paulo como professora adjunta no curso de administração.


O Doutorado em Administração da Ebape tem como principal objetivo preparar o aluno para a vida acadêmica de professor pesquisador em uma universidade ou instituição acadêmica no Brasil ou no exterior. O Doutorado é oferecido em inglês. Portanto, os alunos devem ser capazes de ler, escrever, compreender e falar inglês. A grande maioria das disciplinas é oferecida em Inglês. O conceptual paper do Doutorado, assim como o projeto e a tese de Doutorado devem ser elaborados em inglês, salvo acordo entre orientador e aluno. O próximo processo seletivo será realizado no período de dezembro de 2017 a março de 2018.

 

_______________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

Diretora da UNIRIO, egressa da Ebape, aplica conhecimento obtido no MAP(*) em projeto de gestão de pessoas avaliado pelo TCU

 

Em entrevista para a Rede Alumni, Mônica Vetromille, Diretora da UNIRIO, egressa do Mestrado Profissional em Administração Pública da EBAPE (MAP*), fala um pouco sobre sua trajetória profissional e a importância da Ebape em sua carreira e projetos.

 

Rede Alumni - Qual a relevância de ter estudado na Ebape para sua formação?

Mônica Vetromille -  O Mestrado da EBAPE/FGV foi de extrema e profunda aplicabilidade na minha carreira, uma vez que pude levar as discussões relacionadas à nossa Instituição Federal de Ensino Superior, e, adquiri conhecimentos relevantes para trazê-los a minha instituição.

Assumi a Diretoria de Desenvolvimento de Pessoas na Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEPE) da UNIRIO em janeiro de 2016. Até então eu estava como Chefe da Divisão de Acompanhamento Funcional e Formação Permanente.

Entrei para o Mestrado em Administração Pública com o objetivo de ter um aprofundamento teórico maior, porque tínhamos a missão de implementar as ações da recém-criada PROGEPE.

 

Rede Alumni - Poderia comentar um pouco sobre sua trajetória profissional? 

Mônica Vetromille - Atuo na área de gestão de pessoas há 36 anos, e sempre estive em funções de gestão, durante minha trajetória profissional, em empresas Estatais e Órgão da Administração Direta na Saúde e na Educação.

 

Rede Alumni - Está desenvolvendo algum projeto, fale um pouco dele?

Mônica Vetromille – Desenvolvo, atualmente, com as minhas equipes alguns projetos na Gestão de Pessoas que tem nos trazido um excelente resultado, inclusive recebemos o último relatório de Governança e Gestão de Pessoas do TCU com uma excelente avaliação. Esses projetos são nas áreas de Saúde do Trabalhador; Acompanhamento do Processo de Trabalho; Capacitação; Dimensionamento da Força de Trabalho, dentre outros.

 

Rede Alumni - Por que escolheu a Ebape?

Mônica Vetromille - Escolhi a EBAPE por ter conhecimento de ser a melhor Escola em Administração Pública no Rio de Janeiro. Foi um grande e compensador desafio.

 

A Rede Alumni Ebape agradece à Mônica por compartilhar sua experiência e deseja muito sucesso em seus novos desafios!

Você, Alumni Ebape, pode compartilhar sua experiência profissional com toda a rede Alumni, para tanto, basta enviar informações para alumni.ebape@fgv.br.

 

*O MAP é um programa voltado para dirigentes, gestores e profissionais de alto nível, que atuam em órgãos públicos da administração direta e indireta, nas diversas esferas do governo. O curso tem como objetivo formar lideranças no setor público brasileiro, possibilitando aos novos mestres prestar consultoria, exercer funções de direção ou gerência em administração pública, bem como avançar na carreira acadêmica.

Para mais informações sobre o MAP acesse: http://mestrado-rio.fgv.br/administracao/profissional/administracao-publica

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

EX-ALUNO EBAPE, APROVADO EM MESTRADO INTERNACIONAL, DESTACA SUA TRAJETÓRIA ACADÊMICA E PROFISSIONAL

Ter em mente a busca contínua por conhecimento, fez com que o ex-aluno da graduação da Ebape, Caio Marques Pedrotti Porto pudesse conquistar e criar novas possibilidades em sua carreira, como foi a vaga para o Mestrado - Event Management pela European School of Economis, em Roma na Itália.

O egresso investe seu tempo em estudo e acumula, ao longo de sua carreira, conhecimento obtido em especializações em instituições de vários países. Durante os anos em que se dedicou a graduação, buscou realizar, em paralelo, inúmeros cursos, pela própria FGV e internacionais, como foi a Especialização em Empreendedorismo pela Babson College, em Boston nos EUA.

Caio destacou que a EBAPE teve grande importância em sua formação profissional e relembrou que graças a Escola, ele teve a preparação necessária, ainda nos primeiros períodos da graduação, para ser selecionado para vagas em grandes empresas como a Ancar Ivanhoe, Rede Globo, HSBC e Vale S.A.

Caio enveredou na área de entretenimento, onde atuou em grandes eventos no Brasil e na Europa como: Tomorrowland, Ultra Music, Rock in Rio, Olimpíadas, entre outros. Em 2014, fez MBA – Program in Strategic Management and Leadership na Association of Business Executives – ABE – Leinster College, em Dublin na Irlanda e após concluir o curso, foi para Paris onde realizou o "Extension course in French language and civilization with focus in International Business" na Sorbonne University.  No ano seguinte, foi aprovado em outro curso e conquistou o "Diploma in Corporate Sustainability Strategy" pela Harvard University (Harvard Extension School).

Em 2015, Caio retornou ao Brasil e concluiu a graduação na Ebape e, em 2016, abriu sua primeira empresa a 4Life Produções focada em eventos corporativos.

“Após a abertura da empresa, decidi realizar processo seletivo para o Mestrado em Event Management pelo Admission Center da European School of Economics, em Roma na Itália. E graças ao meu engajamento acadêmico e conquistas profissionais, consegui uma bolsa de estudos. Apesar dos méritos e conquistas terem partido da minha busca constante por desenvolvimento profissional, dificilmente teria conseguido chegar onde cheguei, sem ter sido capacitado e orientado pela EBAPE ao longo de toda minha carreira. A Escola não somente me tornou um profissional completo e preparado, mas procurou me mostrar o caminho certo, tornando-me, também, um ser humano melhor” finalizou Caio.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

ALUMNI EBAPE REALIZA GRANDE ENCONTRO PARA CELEBRAR DEZ ANOS DA REABERTURA DA GRADUAÇÃO

Encontros, debates sobre carreira e empreendedorismo, e sentimento de pertencimento marcaram o Encontro dos Egressos da graduação Ebape, realizado, no dia 25 de março, no Centro Cultural da FGV.

O evento, que reuniu mais de 150 pessoas, entre ex-alunos, alunos, professores e funcionários, faz parte de uma série de ações que a rede Alumni vem desenvolvendo, para integrar seus egressos aos projetos da Escola, e que conquistou ares mais descontraídos com a participação e engajamento, na fase de planejamento do evento, de 30 ex-alunos da graduação.

Darliny Amorim, coordenadora do Alumni abriu o encontro destacando como o evento foi criado e a importante participação dos ex-alunos na construção do projeto. Em seguida, o diretor da Ebape, Flávio Vasconcellos e o vice-diretor Alvaro Cyrino deram as boas-vindas, ressaltando que o valor da Escola está na história de seus ex-alunos.

Para fugir da programação formal dos eventos, a coordenadora da graduação Yuna Fontoura e dois alunos da graduação, Naira e Emmanuel, em um tom mais teatral, destacaram a linha do tempo da evolução da Ebape e, para levar mais emoção na apresentação, Naira e Emmanuel incorporaram o papel de “ex-alunos da graduação de 10 anos atrás” e destacaram os momentos mais importantes vividos, e como é a graduação nos dias atuais.

Para discutir os temas “carreira” e “empreendedorismo” foram convidados 3 palestrantes: Leyla Nascimento, ex-presidente da ABRH Nacional com o tema Novos paradigmas de carreira no Brasil;  Sam H. Leal Fouad, professor em escolas de negócio e escolas de direito nos EUA e no Brasil que falou sobre Carreiras globais para brasileiros;  e  Silvio Meira (transmitido por vídeo conferência), professor emérito do Centro de Informática de Recife e professor associado da FGV Direito Rio com o tema O desafio de empreender no Brasil.

Um dos objetivos do evento foi promover uma discussão sobre como os egressos podem colaborar para o Alumni e que ações o Alumni Ebape deve desenvolver para contribuir com a trajetória dos egressos e promover o engajamento, estimulando a participação deles nos projetos da Escola, para tanto a professora de Cultura das Organizações da FGV/Ebape, Carmen Migueles palestrou sobre Economia de Compartilhamento e Redes de Colaboração e, ao final da apresentação, propôs uma atividade com temáticas definidas e que fez o Alumni refletir sobre sua participação efetiva na Rede Alumni.

No coquetel de encerramento, a ex-aluna Yug Werneck, que segue carreira artística, cantou algumas de suas músicas.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

EGRESSAS EBAPE PROMOVEM O II FÓRUM RH QUE INSPIRA

Conhecimento, iniciativa, inspiração e dedicação formaram a base necessária para três alumni Ebape organizarem o II Fórum RH que Inspira, realizado em fevereiro, no Centro do Rio. O evento teve como objetivo destacar temáticas atuais de RH e contou com dois palestrantes: A superintendente de RH da Sinaf Seguros e ex-aluna Ebape Claudia Mota que falou sobre Implantação do Modelo de Gestão baseada no Conhecimento - Case Sinaf Seguros e do superintendente do IDE/FGV Roberto Bento que ministrou a palestra A parceria com o RH na visão de um gestor de finanças.

O II Fórum foi organizado e estruturado graças a parceria das ex-alunas Ebape - Claudia Ramos, consultora de RH; Claudia Mota, superintendente de RH da Sinaf Seguros e Lilian Cidreira, consultora de RH e professora da Ebape - durante o Mestrado Executivo em Gestão Empresarial, a partir de trabalhos e discussões em sala.

"O mestrado tem uma seleção de alunos excelente, elevando muito o nível de discussão. Todos nós mantemos contato até hoje, mesmo com a turma tendo concluído o curso em 2014. Claudia Ramos, Claudia Mota e eu tivemos uma sinergia muito forte por conta da atuação em Recursos Humanos e esta parceria só fortalece com o tempo. Realmente foi um diferencial para as nossas carreiras termos escolhido a FGV para a titulação de Mestre" comenta Lilian Cidreira. Inclusive, o case apresentado por Claudia Mota é baseado na sua experiência durante o mestrado, que lhe deu o desenvolvimento necessário para implantar a Gestão do Conhecimento na Sinaf Seguros.

O Fórum foi lançado, oficialmente, em agosto de 2016, a partir de uma iniciativa da ex-aluna Ebape Lilian Cidreira que decidiu criar um grupo de WhatsApp chamado RH que Inspira, com um grupo de amigos que também atuavam na área, com o objetivo de ter um canal flexível e rápido para troca de experiências, levantar debates e linhas de atuação, entre outros assuntos do setor.

Com o sucesso da iniciativa, o grupo começou a realizar encontros presenciais para aprofundar a discussão. Atualmente, as alumni integram a coordenação dos encontros presenciais, que tem como premissa trazer palestrantes de outras áreas, além do RH, para ampliar a visão sistêmica, tão relevante nos tempos atuais.

O primeiro encontro foi realizado em novembro de 2016 e repercutiu positivamente com palestras sobre alimentos que aumentam a produtividade e Design Thinking. O próximo encontro está agendado para o dia 31 de março com a presença de um palestrante do Instituto Coca-Cola. "Uma das melhores formas de aprendizado é por meio da troca de conhecimentos e hoje o whatsApp é uma forma rápida de nos comunicarmos. O grupo iniciou pequeno, mas atualmente, após 6 meses, são mais de 50 integrantes de 25 empresas, participando e contribuindo para que as áreas de Recursos Humanos possam ser cada vez mais estratégicas com o compartilhamento de experiências", finaliza Lilian.

O Mestrado Executivo em Gestão Empresarial da FGV/EBAPE, nível profissional, é um programa de pós-graduação stricto sensu altamente qualificado que busca contribuir para a formação e o desenvolvimento de profissionais no campo da administração de empresas que possam agregar valor à atividade empresarial através da construção e aplicação do conhecimento. Recomendado pela CAPES com conceito 5 (cinco), nota máxima para mestrados profissionais, o curso confere titulação de Mestre aos seus graduados.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

TRANSPARÊNCIA DE DADOS DO ENSINO PÚBLICO É TEMA DE ARTIGO DE PROFESSOR DA EBAPE E EX-ALUNO DO MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA – MAP*

 

O artigo “Comparing Resistance to Open Data Performance Measurement: Public Education in Brazil and the UK”, produzido pelo professor e pesquisador da Ebape/FGV Gregory Michener e o mestre pelo MAP Otávio Ritter, foi publicado, no mês de novembro de 2016, na Revista Public Administration (A1).

O estudo compara iniciativas de dados abertos nos sistemas de ensino primário e secundário do Brasil e do Reino Unido. A pesquisa foca na resistência das partes interessadas e as soluções políticas correspondentes, com o propósito de buscar informações sobre a aplicabilidade das leis de divulgação, bem como o papel dos múltiplos atores envolvidos na política de transparência.

Para produzir o artigo, o professor da Ebape/FGV Gregory Michener e o mestre pelo MAP Otávio Ritter realizaram, entre os anos de 2013 e 2016, mais de 60 entrevistas com ingleses e brasileiros, dentre as quais 16 com secretários estaduais de educação e análise de conteúdo de cobertura midiática em ambos os países sobre educação pública. Os demais dados da pesquisa foram compostos por análises bibliográficas, pesquisas e entrevistas com pais, empresários, jornalistas entre outras pessoas envolvidas nas questões relacionadas ao ensino público.

O artigo na íntegra pode ser solicitado pelo email alumni.ebape@fgv.br

Gregory Michener é professor e pesquisador da EBAPE/FGV, fundador e coordenador do Programa de Transparência Pública da FGV Rio de Janeiro e da Transparency Evaluation Network, uma iniciativa internacional apoiada pela Open Society Foundations;

Otávio Ritter é Mestre em Administração Pública pela Ebape/FGV.

 ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Observatório da Governança Pública

Você gostaria de receber conteúdo, participar de seminários e responder a pesquisas sobre temas relacionados à gestão pública?

A EBAPE, por meio do seu Programa de Transparência Pública, convida seus ex-alunos que atuam em áreas relacionadas ao setor público a participarem de seminários e enriquecer o conteúdo das pesquisas.

A cada seis meses, os ex-alunos, que atuaram como respondentes das pesquisas, serão convidados para um seminário exclusivo onde serão apresentados os resultados das pesquisas. Este evento conferirá certificado de participação.

Os ex-alunos interessados em participar do grupo de pesquisas da área pública, devem encaminhar e-mail com seus dados (nome completo – email – telefone – nome da empresa atual – cargo) para alumni.ebape@fgv.br e em assunto colocar “Pesquisa em gestão pública”.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O Observatório da Governança Pública é um núcleo de pesquisa instituído no âmbito da EBAPE, composto por professores do Núcleo Docente Permanente do Mestrado Profissional em Administração Pública - MAP, que tem como objetivo promover pesquisas acadêmicas com foco em temas relevantes e atuais do campo da administração pública brasileira, em parceria com pesquisadores de instituições nacionais e internacionais.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

* O Mestrado Profissional em Administração Pública (MAP) foi o primeiro curso de pós-graduação stricto sensu em Administração Pública no Brasil e na América Latina a receber acreditação da International Commission on Accreditation of Public Administration Education and Training (ICAPA). Este reconhecimento internacional, regido pelas normas do Conselho de Administração da International Association of Schools and Institutes of Administration (IASIA), é concedido às instituições com altíssimos padrões de excelência para a educação e formação na Administração Pública.

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

EX-ALUNO EBAPE LANÇA LIVRO

 

Final de ano chegando e algumas pessoas já começaram a pensar nas férias, no 13º salário, mas nem todos estão se programando, em utilizar os recursos financeiros extras, para viajar com a família, filhos ou amigos. Alguns brasileiros, de acordo com pesquisas sobre hábitos de consumo para o final de ano, pretendem aproveitar o período para quitar suas dívidas e sair do vermelho. Mas até que ponto vale a pena deixar de viver momentos inesquecíveis com a família, parentes e/ou amigos?

Uma boa dica para elucidar tais dilemas é o livro – Férias: O que é Bom Dura Pouco? Que Tal Comprar Mais? Do escritor e ex-aluno Ebape, André Cleiman. O lançamento do livro será realizado no dia 06 de dezembro, das 17h às 20h na Livraria da Travessa, na Rua Sete de Setembro,54, Centro do Rio.

O livro explora a dualidade tempo e dinheiro e as consequências de desequilíbrios entre essas variáveis, e propõe uma nova forma de balancear essa relação.

André Cleiman é Mestre em Gestão Empresarial pela EBAPE/FGV e o livro é fruto do excelente trabalho realizado em sua dissertação de mestrado.

 

 

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

EX-ALUNOS EBAPE COMPARTILHAM EXPERIÊNCIA DURANTE PREMIAÇÃO 

 
A FGV/EBAPE realizou, no dia 19 de setembro, a Premiação dos Melhores Rendimentos Acadêmicos de 2016.1 da    Graduação em Administração. O evento ocorreu no Centro Cultural FGV e reuniu alunos de graduação presencial e a  distância.

 O Alumni EBAPE esteve presente no evento, por intermédio de ex-alunas das turmas de 2002 e 2003. Elas participaram  do evento para compartilhar suas experiências de carreira, após terem concluído a graduação pela EBAPE.

 Júlia Maya, funcionária da Andrade Gutierrez, e ex-aluna EBAPE, destacou que sempre desejou estudar na FGV, pelo  peso que a instituição tem na formação acadêmica e também por ser uma das Top Think Tank Globais. Sua primeira  experiência profissional foi a participação na FGV Júnior, o que lhe conferiu, durante os estudos na FGV, prática na  elaboração de planos de negócio, planejamento de marketing e outras etapas importantes na condução de um negócio.

 Júlia passou por um período em que precisou se reinventar profissionalmente, e enfatizou que a marca FGV abre  portas, mas o que irá fazer um profissional se manter no mercado de trabalho é seu profissionalismo.

 Já Celina Filgueiras, analista da Secretaria de Estado de Fazenda do Rio de janeiro, e ex-aluna EBAPE, enfatizou que é  importante ser inserido em diferentes experiências e destaca a que teve quando fez o Work Experience USA em  Aspen,Colorado. Para Celina todos devem traçar as metas que querem conquistar em suas vidas. Após o intercâmbio e  de volta ao Brasil, Celina voltou a atuar numa empresa privada e passou pela experiência de ser demitida, naquele momento de turbulência profissional, prometeu a si mesmo que nunca mais passaria por isso, então se dedicou, com afinco, para alcançar a sua meta. Hoje, além de ser uma funcionária pública estadual, Celina está terminando seu mestrado em Columbia, EUA e dá um conselho para os graduandos: “Não façam um concurso público para se aposentar, pois é um desserviço à sociedade e a si mesmo”.

Uma outra apresentação levou à tona, a crise que assola o país. Renato Freitas, empresário, e ex-aluno de graduação a distância da EBAPE, destacou que, ao longo de sua trajetória profissional, passou por momentos difíceis: sua empresa não ia bem, precisou vender seus bens para quitar dívidas, reconheceu suas fraquezas, se reinventou profissionalmente e aprendeu que quanto mais estudava, mais possibilidades criava. Abriu uma nova empresa e aplicou todos os conhecimentos adquiridos, durante o curso, em seu negócio que hoje é um sucesso.

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PROFESSOR E EX-ALUNO DA EBAPE LANÇA LIVRO SOBRE CONFIANÇA NAS EMPRESAS

Marco TulioDiferentes estilos de gestão marcam novos ambientes de trabalho. É o que mostra o livro “Confiança: o principal ativo intangível de uma empresa”, de Marco Tulio Zanini, ex-aluno e professor da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da FGV (EBAPE). A nova edição da obra, agora publicada pela Editora FGV, trata de um elemento central para a análise dos contratos de trabalho e apresenta casos que ilustram modelos de gestão baseados em confiança, com destaque para Kimberly-Clark Brasil e Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar do Rio de Janeiro.

O livro mostra que, em algumas empresas, os problemas são ponderados em maior profundidade, há maior estabilidade e sentimento de pertencimento à instituição, revelados pelos baixos índices de rotatividade de empregados e um bom clima organizacional. Nesses casos, há a preocupação da gestão com o desenvolvimento das equipes e com a qualidade de vida no trabalho. Essas características podem ser observadas em empresas que buscam seguir políticas de recursos humanos que privilegiam investimentos no treinamento e desenvolvimento de seus colaboradores, procuram operar dentro de padrões de alta qualidade e esforçam-se para estabelecer relacionamentos de longo prazo com colaboradores e fornecedores.

Por outro lado, o cenário corporativo inclui organizações que operam em um ambiente de alta incerteza e competitividade, com um ritmo de trabalho alucinante. Há fortes pressões por resultados imediatos, obtidos por meios mais coercitivos, e maior competitividade interna entre os indivíduos. Muitas vezes, o clima organizacional dessas empresas não é nem aferido, pois a alta administração não considera isso um indicador de qualidade em gestão. Pessoas são substituídas com facilidade, e não há políticas de recursos humanos bem definidas para o desenvolvimento dos funcionários.

A observação das relações de confiança entre os membros de uma organização revela a capacidade da gestão de construir um ativo intangível de valor inestimável, fruto de normas e regras formais e informais, que dirigem as interações humanas. É um indicador que fornece informações significativas sobre vários aspectos da gestão, mostrando uma dimensão relevante do estilo de gestão predominante na empresa.

A obra apresenta, ainda, a primeira pesquisa empírica realizada no Brasil, abordando os níveis de confiança dentro de empresas privadas e as relações com outros indicadores de gestão, como contribuição para os estudos sobre a gestão de ativos intangíveis organizacionais, entendendo a centralidade da confiança e seu papel mediador para o desempenho organizacional.

A editora e a Livraria FGV convidam para o lançamento do livro no dia 20 de julho às 19h30 no 12o andar do edifício sede de FGV, logo após o seminário "Confiança, Ética e Compliance: desafios para o Brasil". Garanta o seu lugar!

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

PROMOVIDO A AUDITOR CHEFE DO CONTROLE INTERNO DO TJCE SEIS MESES APÓS A CONCLUSÃO DO DOUTORADO

 

Leonel Oliveira

“Depois de quatro anos distante do convívio com a prestação de serviços públicos regressei, em junho de 2015, para o Tribunal de Justiça do Ceará. Percebi imediatamente que tinha muito a contribuir com os conhecimentos e competências adquiridos na minha formação doutoral. Gradativamente, ia participando de projetos, atuando na execução do Plano Estratégico com um olhar mais crítico e compartilhando as experiências vivenciadas nas entrevistas da tese com os demais servidores.

Ao analisar o papel de controle interno exercido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a melhoria na eficiência do segmento da Justiça Estadual, tive a oportunidade de colocar em prática algumas das reflexões levantadas durante o Doutorado, o que fez com que meu trabalho sobressaísse no Tribunal. Foi dessa exposição que veio o convite da presidência do TJCE, em dezembro de 2015, para assumir o cargo de responsável pela unidade de controle interno. Deste modo, reconheço a importância da Ebape no meu desenvolvimento em três frentes: ao me fornecer meios de me aperfeiçoar intelectualmente, ao facilitar o acesso aos conselheiros do CNJ para o desenvolvimento da minha tese e ao agregar competências que me permitam desempenhar o novo desafio profissional confiado pela presidência do TJCE.

   

 

Leonel Gois Lima Oliveira
Auditor Chefe de Controle Interno do TJCE
Alumni Ebape – Doutorado em Administração – Turma 2011

O Alumni da FGV Ebape agradece ao Leonel por compartilhar sua experiência e lhe deseja sucesso em seus novos desafios.

O Programa de Pós-Graduação Acadêmica em Administração da FGV/EBAPE é composto pelo Mestrado Acadêmico e Doutorado em Administração. O processo seletivo acontece anualmente, sempre no segundo semestre. Tendo a internacionalização como um dos destaques, o programa acadêmico traz para o aluno possibilidades de intercâmbio em uma das diversas escolas conveniadas no mundo todo, além da oportunidade de cursar, aqui, disciplinas com professores das melhores escolas de diversos países. Além disto, são realizados regularmente workshops para discutir pesquisas recentes nos Graduate Seminars.

Para saber mais acesse: Mestrado Acadêmico e Doutorado

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

ENTREVISTAMOS VANESSA CASALI, EGRESSA DO SIM, QUE ATUARÁ COMO CONTROLLER DA COCA-COLA NA ÁFRICA DO SUL. CONFIRA!

Que curso realizou na Ebape e o que ele lhe agregou em sua formação?

Eu estudei o CIM – Corporate International Masters. Este curso me proporcionou uma visão mais global e internacional das relações de negócios. Em como atuar e me desenvolver de forma mais competitiva globalmente, seja no âmbito pessoal ou profissional. Desenvolvi bastante as minhas competências sobre como lidar com equipes diversas e multiculturais,  como me posicionar de forma mais sênior dentro da minha organização e estabelecer um networking mais sólido com os principais stakeholders na Companhia, como identificar maiores oportunidades de crescimento para mim, minha equipe e para toda a organização. Enfim, passei a ver as oportunidades profissionais dentro da minha organização de uma forma mais abrangente e holística, entendendo que o mundo é muito pequeno para aqueles que pensam e sonham grande e estão abertos a novos desafios no âmbito internacional.

Como se deu sua trajetória profissional desde que saiu Ebape?

Fui indicada para ser uma das facilitadoras de um Programa Global de Liderança de Pessoas e desta forma conduzi treinamentos presenciais e virtuais para líderes da Coca-Cola da América Latina e alguns da América do Norte. Organizei várias palestras para estudantes de graduação, mestrados e MBAs nacionais e internacionais, a convite da EBAPE. Isso me proporcionou maior proximidade com a EBAPE e com grandes líderes da Coca-Cola no Brasil, dentre eles os Vice-Presidentes de Finanças, Marketing e Operações, que atuavam nestas posições no período de 2013 a 2015.

Então, fui convidada pelo Diretor de Operações Financeiras da América Latina para um “short-term assignment”, através do qual fiquei quase 3 meses na Coca-Cola da Argentina e liderei a equipe de Payroll da América Latina. A partir daí, fui aprovada para a posição de Controller Regional de quase toda a África, sendo responsável por liderar associados baseados em diferentes países a fim de apoiar as unidades de negócios da África do Sul (South Africa Business Unit) e Central, Leste e Oeste (CEWA Business Unit), a partir de fevereiro de 2016.  Serei também responsável pela governança de US GAAP (Generally Accepted Accounting Principles of the United States) e IFRS (International Financial Reporting Standards) de negócios da “The Coca-Cola Company” em cerca de 40 países do continente Africano.

Recebemos com muita satisfação, pois eu e meu marido já planejávamos há 4 anos oferecer para as nossas filhas uma experiência em outro país, com idioma e cultura diferentes. Não vejo outro caminho para o meu desenvolvimento profissional e acadêmico senão com uma vivência internacional.

O Alumni da FGV Ebape agradece à Vanessa por compartilhar sua experiência e deseja muito sucesso em seus novos desafios!

A próxima turma do CIM está programada para setembro de 2016. Este é um programa de mestrado profissional designado por três grandes escolas de negócios mundialmente reconhecidas, sendo estas: Georgetown University’s McDonough School of Business em Washington D.C(link is external)., ESADE Business School em Barcelona(link is external) e Fundação Getulio Vargas/EBAPE no Rio de Janeiro. Sua proposta é buscar profissionais experientes e executivos interessados em uma aula global de negócios com forte perspectiva internacional, com foco em mercados emergentes enquanto mantêm seus compromissos profissionais e pessoais.

Para saber mais acesse: Corporate Internacional Master´s

 
____________________________________________________________________________________________________________________________________________________
CARLOS OGLIARI, EGRESSO DO MEX FALA SOBRE SUA TRAJETÓRIA PROFISSIONAL, E SOBRE SUA MUDANÇA DA VOLVO PARA A MARCOPOLO.
 
 

"Acredito fortemente que a carreira profissional, tanto quanto o desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes, são absolutamente indelegáveis. Tendo isto em mente, eu sempre procurei ancorar a minha trajetória profissinal com um consistente plano de desenvolvimento pessoal. O Mestrado na FGV EBAPE foi parte importante deste plano. A musculatura conceitual adquirida no programa foi decisiva para me ajudar a entender melhor todos os fatores organizacionais e as variáveis que os influenciam, de forma a facilitar o meu caminho. O conhecimento é a musculatura que nos ajuda a desempenhar com excelência, superando nossos limites, as maratonas que se apresentam como desafios e oportunidades em nossas vidas.

Quando conclui o mestrado eu estava respondendo pela área de Assuntos Governamentais e Institucionais do Grupo Volvo. Na sequência assumi gerência de RH para o Brasil e a passei a fazer parte da Diretoria da Vikingprev. Este ano, por ocasião de um convite externo, finalizei esta etapa importante da minha trajetória na Volvo como Diretor de RH para América Latina. O convite que veio da Marcopolo S.A., um dos maiores fabricantes mundiais de carrocerias de ônibus, me trouxe novos desafios, como, por exemplo, o de liderar todas as funções de RH em todas as operações do mundo.

Fazer parte do "board" da empresa, reportando diretamente ao CEO, com a responsabilidade de trazer a visão estratégica de RH para influenciar as decisões do negócio, são grandes desafios para os quais me preparei muito. O exercício desta função certamente me propiciará uma nova e importante fase de aprendizados e, mais uma vez, a musculatura teórica adquirida na FGV EBAPE e a experiência adquirida no Grupo Volvo, serão decisivos em minha capacidade de compreensão dos diferentes e complexos cenários. A essas organizações eu devo o meu mais profundo reconhecimento. Muito obrigado!"

O Alumni da FGV Ebape agradece ao Carlos por compartilhar sua experiência e lhe deseja sucesso em seus novos desafios

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

JOÃO SARAVIA, EGRESSO DO MESTRADO EXECUTIVO, COMENTA SOBRE OPORTUNIDADES NAS LICITAÇÕES PARA OLIMPÍADAS.

 

João Saravia, diretor de Suprimentos do Comitê Rio 2016, concluiu seu Mestrado Executivo em Gestão Empresarial no ano de 2006. Sobre as oportunidades das contratações para as Olimpíadas, comentou:

"Os critérios de sustentabilidade que definimos para as contratações de materiais e serviços contribuirão para elevar o nível do mercado brasileiro a padrões internacionais. A ideia foi não só exigir esse padrão, mas também criar condições para que as empresas locais consigam alcançá-lo, por meio de parcerias com entidades de desenvolvimento de mercado, como o SEBRAE, CNI, FSC, para citar alguns. Isso garante que tenhamos fornecedores alinhados ao padrão que esperamos para os Jogos, mas também deixa um legado para todo o mercado nacional."

Assista a seu depoimento no Canal Globonews:

http://g1.globo.com/globo-news/jornal-das-dez/videos/t/todos-os-videos/v/empresarios-veem-oportunidade-para-driblar-a-crise-com-as-licitacoes-para-as-olimpiadas/4514123

 

____________________________________________________________________________________________________________________________________________________

GISELLE VASCONCELLOS, EGRESSA DO MESTRADO EXECUTIVO, TEVE SEU TRABALHO SELECIONADO PARA O "PRÊMIO INOVAÇÃO EM SAÚDE" 

 

Giselle Vasconcellos, Coordenadora de Marketing da Elsevier e egressa do Mestrado Executivo 2013 apresentou recentemente  estudo de caso que desenvolveu  durante o curso em congresso realizado no Grand Hyatt, em São Paulo.

Seu trabalho - estudo de caso sobre a ClinicalKey -  foi selecionado para para integrar as sessões do “Prêmio Inovação em Saúde” da edição latino-americana do HIMSS 2015 – principal evento internacional de tecnologia da informação em saúde – Categoria Cuidados Agudos – Case Study with Clinicalkey – Evidence-Based Medicine.

Com relação ao estudo, comentou: “Há pouca informação disponível sobre a relação entre ferramentas de buscas médicas e redução de despesas. A reversão das glosas significaria uma economia de cerca de R$ 1 milhão para o hospital em questão, no período de 9 meses (com base na tabela do guia de preços Brasíndice)”. O estudo mostra que foram encontradas no ClinicalKey as evidências científicas para fundamentar a adoção da maioria dos procedimentos, materiais e medicamentos glosados pelas operadoras de planos de saúde no hospital pesquisado.

Confira abaixo as matérias divulgadas sobre o tema:

http://saudeonline.grupomidia.com/2015/10/estudo-sobre-beneficio-do-clinicalkey-para-hospitais-e-selecionado-para-sessao-do-premio-inovacao-em-saude-do-himss-la-2015/

http://exame.abril.com.br/negocios/releases/estudo-sobre-beneficio-do-clinicalkey-para-hospitais-e-selecionado-para-sessao-do-premio-inovacao-em-saude-do-himss-la-2015.shtml